Você não sabe, mas pode ter pego hepatite. Aprenda aqui como se prevenir.

A hepatite é uma doença grave e silenciosa.



Milhões de pessoas podem ter e não saber.

Em uma década, as hepatites virais mataram mais de 20 mil pessoas no Brasil. De 2000 a 2010, foram registradas 20.771 mortes causadas diretamente pelos cinco tipos de hepatite (A, B, C, D e E). Mais de 70% delas foram provocadas pela hepatite tipo C (mais agressiva), o equivalente a 14.873 mortes.

O ABCDE DAS HEPATITES VIRAIS

As hepatites são doenças graves que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Os cinco principais tipos (A, B, C, D e E) são causados por vírus que podem passar de uma pessoa para outra.

As hepatites geralmente não apresentam sintomas. Quando aparecem podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. Muitas vezes, a pele a os olhos ficam amarelados, a urina escura e as fezes mais claras.

Em alguns casos, como nos da hepatite B, C ou D, a pessoa pode levar anos para perceber que está doente.

A hepatite B é uma doença sexualmente transmissível - DST. E assim como a hepatite C, pode ser também transmitida pelo sangue.

A recomendação geral é a de que as pessoas que transaram sem camisinha, compartilharam agulhas ou seringas ou receberam transfusão de sangue antes de 1993 devem procurar um posto de saúde e realizar o teste das hepatites. O diagnóstico e o tratamento precoces podem evitar a evolução para cirrose ou câncer de fígado.

COMO EVITAR AS HEPATITES A e E

Utilize água tratada e lave bem os alimentos. Essas são as melhores formas de prevenir as hepatites A e E.

-Lave as mãos com água e sabão antes de comer e depois de ir ao banheiro.
-Beba água filtrada ou fervida.
-Lave bem os alimentos, frutas, verduras e legumes, principalmente quando for comê-los crus.
-Cozinhe bem mariscos e frutos do mar.

COMO EVITAR AS HEPATITES B, C e D

-Não compartilhe agulhas e seringas e equipamentos para drogas.
-Não use lâminas de barbear ou de depilar de outras pessoas.
-Use seus próprios instrumentos de manicura e pedicure.
-Exija materiais esterilizados ou descartáveis em estúdio de tatuagens, serviços de saúde etc.
-Use sempre camisinha.

EXISTE VACINA PARA A HEPATITE B

A vacina  contra hepatite B está disponível nos postos de saúde para crianças e adolescentes menores de 20 anos, profissionais de saúde, manicures e pedicures, usuários de drogas, hemofílicos, profissionais do sexo, homens que fazem sexo com homens, pacientes que fazem hemodiálise, portadores do vírus da hepatite C portadores do HIV, portadores de DST, gestantes, caminhoneiros, bombeiros, policiais, dentre outros.

Quem se vacinou contra a hepatite B está protegido da hepatite D.

Ainda não existe vacina contra a hepatite C. E, ao contrário do que muita gente pensa, quem já teve hepatite A não está livre de pegar outros tipos de hepatite.

GESTANTES

A gestante com hepatite b pode transmitir a doença para o bebê. Vacine o recém-nascido ainda na maternidade, preferencialmente nas 12 primeiras horas de vida!

Dia 28 de julho, é o dia mundial de combate as hepatites.

O diagnóstico e o tratamento das hepatites virais são direitos de todo cidadão e estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

Para mais informações, ligue 0800 61 1997 ou procure a unidade de saúde mais próxima.


Por: Cley Anderson





28 de julho de 2014
Postado por Cley Anderson

28 de Julho. Dia Mundial de combate a Hepatite

Hepatite é toda e qualquer inflamação do fígado e que pode resultar desde uma simples alteração laboratorial (portador crônico que descobre por acaso a sorologia positiva), até doença fulminante e fatal (mais frequente nas formas agudas).
Existem várias causas de hepatite, sendo as mais conhecidas as causadas por vírus (vírus das hepatite A, B, C, D, E, F, G, citomegalovírus, etc). Outras causas: drogas (anti-inflamatórios, anti-convulsivantes, sulfas, derivados imidazólicos, hormônios tireoidianos, anti-concepcionais, etc), distúrbios metabólicos (doença de Wilson, poli-transfundidos, hemossiderose, hemocromatose, etc), trans-infecciosa, pós-choque. Em comum, todas as hepatites têm algum grau de destruição das células hepáticas.
A maioria das hepatites agudas são assintomáticas ou levam a sintomas incaracterísticos como febre, mal estar, desânimo e dores musculares. Hepatites mais severas podem levar a sintomas mais específicos, sendo o sinal mais chamativo a icterícia, conhecida popularmente no Brasil por "tiriça" ou "amarelão" e que caracteriza-se pela coloração amarelo-dourada da pele e conjuntivas. Associado pode ocorrer urina cor de coca-cola (colúria) e fezes claras, tipo massa de vidraceiro (acolia fecal). Hepatites mais graves podem cursar com insuficiência hepática e culminar com a encefalopatia hepática e óbito. Hepatites crônicas (com duração superior a 6 meses), geralmente são assintomáticas e podem progredir para cirrose.
Considerada a maior pandemia mundial da atualidade. 60 a 80% cronificam em 15-20 anos, evoluindo para cirrose hepática, e 1-2% para hepatocarcinoma. O Brasil é hoje um país que tem portadores crônicos de hepatite B e hepatite C, segundo conceitos do Organização Mundial da Saúde, de nível mediano: 1-3%.
  • Quadro clínico (primeiros 3 a 10 dias – pródromo):
    • febre,
    • mal-estar,
    • inapetência,
    • mialgia,
    • cefaleia,
    • náuseas,
    • adinamia
  • Após cessam sintomas prodrômicos e iniciam-se:
    • colúria,
    • acolia,
    • icterícia.
Quanto mais sintomática for a fase aguda da doença, maior a chance da doença hepática se cronificar
  • Exame físico:
    • micropoliadenopatia pequena,
    • hepatomegalia discreta e dolorosa (devido à distensão da cápsula hepática),
    • pequena esplenomegalia reacional,
    • mais raramente: sinais meníngeos, artralgia, rash cutâneo.
  • Diagnóstico diferencial:
    • outras etimologias de hepatites,
    • leptospirose,
    • malária,
    • febre amarela,
    • sepse,
    • obstrução de vias biliares.

Origem: Wikipédia

Grave acidente deixa um morto na Via Expressa

Segundo informações passadas por testemunhas, dois veículos colidiram frontalmente. Um veículo Gol de cor escura e um Strada prata.

Um dos veículos teriam ido para contra-mão.

Os condutores dos respectivos veículos e mais dois passageiros do Gol, foram encaminhados ao HGE. Lamentavelmente o condutor do veículo Strada morreu a caminho do hospital.

O acidente ocorreu num trecho entre o residencial Tabuleiro dos Martins e o posto da Polícia Rodoviária Federal.
27 de julho de 2014
Postado por Cley Anderson

Parabéns Pediatra, hoje é o seu dia. 27 de julho

(Divulgação internet)
Após a metade final do século XIX houve necessidade de maior resolutividade médica, pois os índices de mortalidade infantil estavam muito altos, além disto ter uma especialização agiria como inibidor da concorrência profissional. A partir disto surgiu a Pediatria como uma especialidade.
Mas houve certas dificuldades para institucionalizar e reconhecer a especialidade, para tanto os argumentos que foram utilizados é de que para crianças deveria haver uma semiologia e uma terapêutica voltadas especificamente para crianças.
Conforme a ampliação da especialização, os pediatras foram se unindo em sociedades que surgiram em locais como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul.
A sociedade do Rio de Janeiro foi fundada em 1910 e possuía somente 67 sócios, mas era para os residentes no estado do Rio de Janeiro, somente em 1951 é que se nacionalizou a sociedade e passou a ser considerada Sociedade Brasileira de Pediatria.
pediatria (do grego παιδιατρική, composto de παιδός, "criança", e ἰατρός, "doutor", "aquele que cura") é a especialidade médica dedicada à assistência à criança e ao adolescente, nos seus diversos aspectos, sejam eles preventivos ou curativos. Pessoas como crianças e adolescentes se estiverem com doenças devem dirigir-se ao seu pediatra.
Os aspectos preventivos envolvem ações como aleitamento materno, imunizações (vacinas), prevenção de acidentes, além do acompanhamento e das orientações necessárias a um crescimento e desenvolvimento saudáveis (puericultura). Já os curativos correspondem aos diversos procedimentos e tratamentos das mais diversas doenças exclusivas ou não da criança e adolescente.
O pediatra é o médico com formação dirigida exclusivamente para os cuidados da criança e do adolescente, com uma formação que compreende no mínimo dois anos de residência médica ou curso de especialização equivalente a pós-graduação, entretanto, somente os profissionais que concluíram curso de residência médica conseguem a inscrição da especialidade junto ao registro do CRM.
Para atuar em áreas especificas da pediatria é necessário além da formação inicial, treinamento e estudos em serviços especializados por um período que vai de um a três anos.
Estima-se que os pediatras ocupam 40% das suas atividades clinicas com prevenção.O pediatra, atualmente,depara-se com situações diversas nas consultas, tais como:
  • Mães que trabalham o dia todo;
  • Televisão e mídias como um todo;
  • Grande exposição a conteúdos eróticos;
  • Violência;
  • Dificuldades financeiras.


Origem: Wikipédia
Postado por Cley Anderson

Hoje é dia do Motociclista.

Motociclista é o indivíduo que possui ou faz uso de moto para razões não profissionais.
Comumente o termo "motociclista" é usado para desambiguação perante o termo moto-boy, ou seja, motociclista é aquele que usa moto para lazer, locomoção, diversão ou esporte, mas não como meio de trabalho.
mo.to.ci.clis.ta s m+f (moto5+ciclo2+ista) Pessoa que conduz uma motocicleta. 
motoqueiro mo.to.quei.ro adj+sm (motoca+eiro) gír Diz-se do, ou o que anda de motocicleta. 
No geral, contudo há exceções; Consideram de suma importância o uso de equipamentos de segurança, e costumam trafegar dentro das normas de trânsito com responsabilidade e cautela, preocupando-se muito com sua integridade física e de sua motocicleta.
De acordo com cientistas japoneses, pilotar uma moto faz bem para o cérebro. Estudos realizado pela Universidade de Tohoku, junto á Yamaha, efetuou a análise em 22 homens, foram observados todas as movimentações e atividades das áreas frontais do cérebro, responsáveis pela memória, gestão da informação e concentração. No teste, durante dois meses, onze homens utilizaram moto, e o outro grupo utilizou carros. Os resultados da pesquisa apontaram melhorias relevantes na memória e outras atividades típicas das áreas frontais do cérebro.
motociclismo é a modalidade esportiva que envolve o uso de motos em diversas formas competitivas como velocidade, motocrosse outras.
A primeira prova de motociclismo que se tem conhecimento aconteceu no dia 29 de novembro de 1897, em Surrey, subúrbio deLondres, na Inglaterra. A prova, chamada de Motorcycle Scrambles, foi o nascimento do motociclismo de competição. Aliás, os ingleses criaram a expressão "Se existe alguma coisa melhor que motocicleta, Deus guardou-a para si no céu" ("If there is anything better than a motorbike, God must have kept for him in heaven").
Em 22 de dezembro de 1904, é criada a Federação Internacional de Motociclismo. Porém, somente após a 2ª Guerra Mundial que começou a ser realizado o campeonato mundial. O torneio das nações começou a ser disputado em 1947, o Mundial de Cross, em 1957. O maior campeão da modalidade foi o italiano Giacomo Agostini, com 15 títulos mundiais em várias categorias. O nome de Giacomo Agostini está indissoluvelmente ligado ao da marca MV Agusta.
No Brasil o termo "motovelocidade" é usado para denominar as competições em autódromos ou circuitos asfaltados, já em Portugal usa-se a expressão "motociclismo de velocidade" ou simplesmente "velocidade". É praticada com motos de rua preparadas ou protótipos de competição.
O dia do motociclista é comemorado no Brasil no dia 27 de julho.

Imagem; Divulgação internet
Origem: Wikipédia
Postado por Cley Anderson

- Copyright © Salve Alagoas™ - Powered by Blogger - Desenhado por Johanes Djogan e modificado por Gledson Nascimento -