Ajude seu filho a aprender ler e escrever

Sabia que você pai, mãe, tia, primo pode ajudar na alfabetização de uma criança? É verdade! E não é ensinar formalmente a leitura e a escrita, pois isso é a função do professor. Basta tornar o espaço de convivência dessa criança um ambiente repleto de ações que incentivem a leitura e a escrita. Assim, desde cedo a criança entra em contato com o mundo das palavras. Em termos pedagógicos, isso significa deixar o ambiente mais alfabetizador.

O simples gesto de fazer uma lista de compras com a criança já é um mediador importante nesse processo. Com isso, você contribui para o sucesso da alfabetização do pequeno. Ao ouvir uma história (lida de um livro) a criança percebe que a leitura é feita da esquerda para a direita. Deixe ao alcance deles livros, revistas. Reserve um momento do dia para uma leitura compartilhada e contribua para que a criança procure materiais escritos expontaneamente.

A alfabetização é um processo que acontece durante toda a vida, e com o seu esforço podemos formar pequenos leitores comprometidos com sua formação e com vontade de aprender!

Compartilhe conosco quais exemplos de leitura você faz com seu filho em casa!
5 de março de 2015
Postado por Paloma
Mais publicações em ,

Beleza e autoestima

Vivemos em um país onde existem mulheres belíssimas, porém com corpos diferentes. Estamos falando de portes físicos dos mais variados: mulheres altas e magras, altas e gordas, magras e baixas, corpo maçã ou pera.


Mesmo com a grande diversidade de corpos femininos, as fábricas criam roupas genéricas. Existem tantas variações de altura, peso, que fica impossível sentir-se confortável dentro de um tamanho único, ou mesmo em tamanhos cada vez mais reduzidos.

Estamos expostos e vulneráveis a cultura do corpo belo, magro, que vem representada pela nossa interação com o ambiente, nos forçando a uma avaliação constante de como estamos, das nossas formas. A demanda social, nos pressiona a ir em busca deste corpo dito perfeito, criando um desejo, uma busca desenfreada e irreal do corpo ideal.

De forma geral, a baixa autoestima pode acarretar uma série de dificuldades emocionais, pois cada pessoa tem uma avaliação subjetiva que faz de si mesmo, que pode ser positiva ou negativa. Uma relação de intimidade, de poder acreditar em sua potencialidade, seu valor pessoal, acreditar e confiar em si mesma.

Porém, na grande maioria das vezes, acabamos por desenvolver uma baixa estima, o que nos torna insegura, com sentimentos de incapacidade, de menos valia. Tudo o que fazemos é resultado do que acreditamos ser, por isso o autoconhecimento é de fundamental importância para aumentar a autoestima.

Sendo assim, confiar em si mesmo, ouvir sua intuição, acreditar em sua voz interior, respeitar seus limites, reconhecer seus valores, expressar seus sentimentos sem medo, sentir-se competente, capaz e se tornar independente da aprovação dos outros, faz com que nossa autoestima se eleve. Entretanto, este é um processo gradativo que exige trabalho e conscientização.

A Psicoterapia é um processo fundamental nesse contexto, sendo conduzido por um psicólogo que desenvolverá um trabalho que visa ampliar a consciência que a pessoa tem de si mesma, aprendendo com seus sintomas e se desenvolvendo como pessoa. É uma ferramenta eficaz para trabalhar padrões de comportamentos, aspectos de personalidade e funcionamentos que não lhe trazem benefícios em sua vida sejam pessoal ou profissional.

Por: Luciana Kotaka

Psicóloga e especialista em Transtornos Alimentares desenvolve seus trabalhos há mais de 14 anos. É referência nesta área por realizar atividades focadas em tratamentos que envolvam a relação direta entre o distúrbio do peso e a psicologia. CRP: 08/06502-1
4 de março de 2015
Postado por Cledson Silva
Mais publicações em ,

Nêdo Xavier é o novo técnico do CSA

A Assessoria de Comunicação do CSA, divulgou agora á pouco em seu site oficial que Nêdo Xavier é o novo técnico do CSA. A direção azulina agiu rápido após a demissão de Ronaldo Bagé, e apostou em um treinador experiente, com passagens por equipes de destaque do futebol nacional, a exemplos de Avaí e Fortaleza. Em 2012 Nêdo Xavier comandou o ASA.
Aos 62 anos, Nêdo Xavier estava no Fortaleza, de onde saiu após a derrota de 1 a 0 para o Ceará no último domingo. O novo treinador azulino chega a Maceió na noite desta quarta-feira, e deve comandar a equipe no segundo jogo da semi-final do Alagoano contra o CEO, no próximo domingo (8), no Rei Pelé.
3 de março de 2015
Postado por Cledson Silva
Mais publicações em , ,

Dica de leitura: O primo Basílio


Apaixonada por leitura desde a infância, sempre fui incentivada a ler pelo mundo desafiador que se encontra imerso nas paginas dos livros. São tantas aventuras que se pode ter em uma pequena pagina, podemos viajar no tempo ou até mesmo ir a outro lugar e ao mesmo tempo permanecer estáticos. Mas, só os amantes da leitura pode conhecer tal prazer.

Essa semana estarei iniciando nossa dica de leitura com um livro fascinante, com características conservadoras em um cenário ilusionista de intrigas, que traz chantagens e desespero. Especialmente por se tratar de um livro realista, o qual relata a hipocrisia e a ignorância da sociedade no século XIX. Este livro é: O primo Basílio de Eça de Queiroz.

O livro relata a história de Luiza, uma mulher bem casada que permanece a maior parte do tempo sozinha com as constantes viagens de seu marido (Jorge). Logo recebe a noticia que seu Primo esta de volta a Lisboa - seu antigo amor de adolescência- depois de grandes viagens por Paris. Os dois se reencontram relembrando grandes acontecimentos do passado, logo, Luiza se vê envolvida por Basílio onde se encontram freqüentemente num lugar intitulado por Basílio de Paraíso. Não conseguindo mais escapar de suas tentativas, onde constantes cartas são entregues com juras de amor, Luiza se vê sendo chantageada por sua criada Juliana, uma mulher frívola, que passou a maior parte de sua vida sendo criada na casa da Tia de Jorge. A situação de Luiza se complica ainda mais quando é anunciada a volta do seu marido.
José Maria Eça de Queiroz foi um importante romancista português do século XIX. Nasceu em 25 de novembro, de 1845, na cidade portuguesa de Póvoa de Varzim.
Abordou, em suas obras, diversos temas. Porém, podemos observar algumas características comuns em seus romances, como, por exemplo, abordagem de temas cotidianos, descrição de locais e comportamento de pessoas, pessimismo, ironia e humor.
Para acompanhar o desfecho do livro leia a obra completa, que é de fácil acesso em bibliotecas e até mesmo em versões para download na internet.
Outras obras:
· A Cidade e as Serras
· A Ilustre Casa de Ramires
· A Relíquia
· A Tragédia da Rua das Flores
· As Farpas
· Contos e Prosas Bárbaras
· O Crime do Padre Amaro
· O Mandarim
· O Mistério da Estrada de Sintra
· O Primo Basílio
· Os Maias
· Uma Campanha Alegre
Por: Edna de Oliveira
2 de março de 2015
Postado por Edna Amorim
Mais publicações em ,

O drama, essência importante num romance romântico.

Algumas pessoas não leem de forma alguma, e não sentem nenhum emoção com uma história dramática. Eu particularmente, sofro quase igual ao personagem. O drama na literatura é algo muito velho, não surgiu ontem. Nos livros de Joaquim Manoel de Macedo e José de Alencar encontramos esse toque típico de um livro de amor. Citando nomes de autores atuais, temos o mestre do romance como Nicholas Sparks, a autora best-seller Nora Roberts, autoras nacionais como Adriana Brazil, Tammy Luciano, Lu Piras, enfim, muitos autores usam do drama a sua essência na hora de escrever algum livro.

Acho que seria um pouco difícil num livro de amor não ter drama, até porque a maioria dos livros românticos são criações de algo que o autor passou, ou viu em sua vida, e é claro, teve que ter algum drama nisso tudo! Eu quando estou escrevendo meus romances e contos, a primeira coisa que imagino antes de escrever é: o que eu coloco para apertar o coração desses leitores e derramar algumas lágrimas? Com toda certeza, acho que todo romance bem feito tem sua essência no drama que o autor construiu dentro da trama. Algo é necessário para dar um desfecho, e muita das vezes, o drama é a essência principal desse fim.

Alguns livros são inteiramente feitos de puro drama. Nossa! Tem horas que quando lemos ficamos mais depressivos do que realmente tristes, com algo que aconteceu com o personagem. Não é necessário matarmos um personagem estrangulado na frente de quem ele ama, ou colocar uma pessoa em cima da cama de um hospital morrendo de câncer o livro inteiro, não, não é necessário, tenha certeza. O drama que o romance romântico carrega faz parte de todo o desenrolar da história, não venha dizer que você não percebeu isso quando leu Um Amor para Recordar? Claro que sim, o autor deixou isso de uma forma muito clara, a presença do drama ali na história, na vida dos seus personagens era evidente. Mas foi surgindo aos poucos, a cada capítulo que você lia a história transmitia algo e no final, nossa nem preciso dizer!

Algo que muita das vezes percebo, ao ler certos livros românticos, é a falta desse elemento no desenrolar da história. O enredo é bom, é bem feito, mas ficou algo meio que vazio. É essencial colocarmos algo no livro quando produzimos que toque o leitor ou chame sua atenção para determinada ação que o personagem sofreu ou passou. Acredito que num livro com tantas páginas, não ter um momento dramático, foi perca de tempo escrevê-lo. Por que estou dizendo isso? Simplemente pelo fato de que até hoje o que sustenta o romance romântico no mundo literário (acredito eu), fora a inspiração e criatividade de criarem histórias originais, é o drama. Então, se você pensa em escrever um romance romântico, mas não sabe contar nada dramático, nada que mexa com os sentimentos do leitor, sua área da escrita não é essa.

Abraços,

Tony Ferr
1 de março de 2015
Postado por Tony Ferr
Mais publicações em , ,

- Copyright © Salve Alagoas™ - Powered by Blogger - Desenhado por Johanes Djogan e modificado por Gledson Nascimento -