Minador do Negrão de Félix Negrão


Minador do Negrão é um município brasileiro do estado de Alagoas. A cidade, situada no agreste de Alagoas, fica a 270 metros de altitude, distante 169 quilômetros de Maceió e 35 quilômetros de Palmeira dos Índios.
O topônimo de Minador do Negrão teve origem no fato de existir na propriedade de Félix Negrão, considerado o fundador da cidade, uma fonte de água cristalina de ótima qualidade e grande potencial, mas também reza uma lenda que um homem de grande porte (de aproximadamente 2,30 m) morava nas imediacões de alguns bancos de areia onde sua estatura o denuciava logo que ele aparecia. Antes, porém, é bom rassaltar que esse negrão, como era chamado pelos moradores do povoado, hoje cidade, ficavam muito assustados quando ele resolvia aparecer. Assim começa uma nova lenda de que ali também haviam bancos de areia que à flor da terra minava-se água. Então Minador do Negrão referia-se às minas de água salgada que até hoje ainda existem lá, bem como a este homem de grande porte que viveu lá há muitos anos. atrás
Lendas a parte, o município deve sua criação e povoamento a uma fazenda de gado que fora instalada em 1936 por Félix de Souza Negrão. É bem verdade que antes dessa época, já deveriam existir moradores em regiões próximas.
Em 1940 foi criada uma feira livre, onde pessoas e comerciantes de outras regiões vinham para comprar e negociar. Além de Félix de Souza Negrão, são também considerados pioneiros do lugar Joaquim Belarmino Barros, Clarindo Amorim, José Antônio Duarte e Colimério Ferreira Ferro.
Em 1950 foi elevada a condição de vila, já que o progresso da povoação que ali se formava era uma constante. Sempre pertenceu a Palmeira dos Índios, de onde foi emancipado. A luta pela sua independência política encontrou no deputado Remi Maia e em Joaquim Belarmino Barros seus principais líderes. Ela foi alcançada através da Lei nº 2470 de 27 de agosto de 1962, ocorrendo sua instalação oficial a 9 de setembro do mesmo ano, com o território formado por apenas um distrito, o da sede, situação que ainda hoje perdura.
Sua população segundo o IBGE, em 2007, é de 5.160 habitantes e sua área é de 166,58 km².
Situa-se na Microrregião de Palmeira dos Índios (115), sendo seus limites Cacimbinhas(22 km), Estrela de Alagoas (23 km), Bom Conselho (42 km) e Iati (40 km), os dois últimos no estado de Pernambuco.
Tem um clima quente e seco, com máximas de 35º e mínimas de 14º. O inverno inicia-se em junho para terminar em agosto.
Sua economia é a basicamente na área  agropecuária.

Em sua cultura, um dos principais atrativos de Minador do Negrão é a Praça Tereza Araújo Barros, ponto de encontro de jovens e adultos. As festividades também atraem muitos visitantes da região, destacando-se a Festa da Padroeira, Nossa Senhora das Graças, e o já tradicional Baile dos Casados (março), onde os participantes têm que comprovar a união com documentação.


► Galeria de fotos, clique aqui.


22 de janeiro de 2016
Postado por Gledson Nast

PMAL de Luto, Ex- Comandante Cel. Coronel Nilton Rocha faleceu hoje após acidente automobilístico!

Faleceu na tarde de hoje o ex-comandante da PM alagoana, Coronel Nilton Rocha.
Em um acidente automobilistico na BR 424 já próximo ao município de Marechal Deodoro, no trevo do Polo Cloroquímico de Alagoas.
O Militar da reserva colidiu de frente com uma kombi, segundo fonte da PM o Coronel teria perdido o controle de seu veículo na curva e por isso não teria tido como evitar a batida frontal.
Foto recebida por whatsaap, desconhecemos autoria.
Nilton Rocha foi o 44º Comandante da PMAL, substituindo o Comandante de Exército Edson Sá. Durante sua Gestão no Comando, 15 de março de 1991 a 23 de junho de 1993, destacam-se a implantação da Cavalaria, Construção do prédio do BOPE, a inauguração do Cinema Floriano Peixoto para a tropa e familiares, a estruturação do Centro Hospitalar e a Farmácia. 
Em 1993, o então presidente Itamar Franco, decretou intervenção na PMAL, afastando do comando da Briosa, o Coronel Rocha e substituindo-o pelo Coronel de Exercito José Elito Carvalho Siqueira. Os motivos eram denuncias do evolvimento da PM com crime organizado e grupos de extermínio.
Amado por uns, odiado por outros, o fato é que na lembrança dos alagoanos ficará sempre  marcado o nome do Coronel Nilton Rocha como um homem de punho de ferro, duro e valente. Foi em sua gestão que a Polícia Militar de Alagoas, abriu as portas para as mulheres, fundando a PFEM - Polícia Feminina, inicialmente com quadro de Sargentos e Soldados, sob o comando da na época, Capitã Claudia e, a implantação da 1ª Companhia Escolar, atendendo uma reivindicação da sociedade alagoana.
Segue na Luz Coronel Rocha, descanse em Paz!

Fontes: Site da PMAL / Acervo Globo

José Netto
Graduado em Marketing, Micro-empresário e Poeta
18 de janeiro de 2016
Postado por Netto

Walmart fecha unidade Buarque de Macedo

A assessoria de Imprensa do Grupo Walmart, divulgou nota que diz:

“Por conta do atual ambiente econômico no Brasil, a empresa tomou a decisão de fechar algumas unidades em Maceió. Estamos fazendo todo o possível para transferir funcionários dessas unidades para outras lojas e, quando não for possível, oferecemos apoio para recolocação profissional..."

Entretanto, segundo os lojistas que dividem espaço com o Hiper Buarque de Macedo, a escolha por essa unidade vem do fato da área ser alugada ao Grupo Paes Mendonça e de existir vários processos trabalhistas e cível. 

Ontem foram demitidos 90 funcionários que surpreendidos foram ao término de seu expediente com o chamado ao Recursos Humanos da unidade. Alguns funcionários com mais de 30 anos de serviços prestados a unidade, foram mantidos, mas trabalham desmotivados. Conversamos com um deles que nos disse que não sabe se terminaria o expediente, pois estava chateado em ver filas imensas, prateleiras desabastecidas e nada poder fazer para ajudar os clientes que chegam a gritar para pedir produtos!

Alguns setores estão em promoção e esgotaram rapidamente no estoque, clientes aguardavam a mercadoria sair para balcões e logo pegavam, como mostram as fotos abaixo:

 

Não há promoção com valor significativo de eletro-eletrônicos, vimos descontos de até 30%, mas assim mesmo os produtos "desapareciam" das prateleiras, quando eram repostos pelos poucos funcionários que vimos.

 

Segundo os colaboradores, já que não conseguimos falar com nenhum gerente, a partir de hoje as 16 horas todos os setores entrarão em promoção, até não sobrar mais nada no estoque.




José Netto
Graduado em Marketing, Micro-empresário e Poeta




29 de dezembro de 2015
Postado por Netto

Trabalho comunitário de Sargento PM só se torna público após acidente em Atalaia

Sargento Gama faz parte das fileiras da "Briosa" desde o fim dos anos 80. Militar ativo, já participara de várias operações militares em Maceió e prestara serviços de apoio ao turismo quando estava lotado ao Batalhão Escolar. Essa parte de seu currículo profissional, certamente, todos os colegas de farda conhecem, mas uma grande surpresa para muitos só veio à tona, devido ao Sargento, hoje lotado em Atalaia, ter sofrido um acidente quando seguia para uma operação em Viçosa no dia 18 de dezembro as 4 hs da manhã, acidente este que vitimou seu Comandante Sub Tenente Adeilton.

Pelo segundo ano consecutivo, o Sargento Gama e amigos, organizam um Natal Solidário para levar às crianças carentes de Atalaia, sua terra natal, um dia de brincadeiras, descontração e fé, com a presença do Papai Noel,  para que a magia da data não se perca. 

O fato é que a data prevista para a realização do evento foi dia 20/12 apenas dois dias após o acidente terrível que deixara o militar com as duas pernas quebradas! O que fazer então? Mudar a data e justificar que o "Bom Velhinho" teria tido outro compromisso e chegaria atrasado este ano?
Não... mesmo do hospital o militar conduziu o evento, junto aos seus companheiros e, todo ocorreu como planejado"





A grande surpresa para o militar, veio de uma mensagem de apoio dos que oram por seu breve restabelecimento:



Nesse momento em que escrevo, soube através de amigos do militar que o mesmo fora transferido para Palmeira dos Índios, onde será operado. Oro por você Sargento Gama, precisamos de homens com seu profissionalismo e sensibilidade!



Por José Netto
Graduado em Marketing, Poeta e Microempresário.

A dor e a fé do SD Kleverson...

Circula em grupos de Whatsapp o seguinte depoimento:

Meu nome é Kleverson e hoje nasci novamente. 
Soldado desde 2006, nunca havia passado por uma situação semelhante e confesso que nunca imaginei que passaria.
No meu ponto de vista a colisão não teve culpados e quem estava lá, sabe que foi uma fatalidade.
Não foi sono. imperícia,  imprudência ou má condição da VTR, pois a mesma estava com pneus novos.
Estávamos em deslocamento para uma operação e no trajeto, nós optamos por voltar e pegar o material tático que achamos melhor levar.
No retorno, na terceira curva (para a direita) da ladeira de Atalaia a viatura rodou a traseira para um lado e depois para o outro, vindo a colidir na árvore.
De cara, sabia que o estrago havia sido grande, pois estando consciente percebi que meus companheiros estavam em estado grave.
Ainda consegui descer da viatura e olhar se o capô estava fumaçando e, como não estava, voltei a atenção para o Motorista e o Comandante. Na hora percebi que o ST Adeilton estava em choque e que o mesmo estava com a cabeça colada na coluna superior do para-brisa, pois  a mesma dobrou e o alcançou. Segurei a cabeça dele sobre o encosto do banco para que ele não viesse a ter maiores lesões, enquanto pedia para o Vilaça se acalmar.
Logo após, a SAMU chegou e assumiu o atendimento. Tudo aconteceu muito rápido e infelizmente perdi um amigo. Peço a todos que orem pelo SD Vilaça e pela alma de um guerreiro altamente profissional  e um líder nato, que era o ST Adeilton.
Tivemos grandes perdas este ano e, lamentavelmente,  vi um deles ir embora, ali na minha frente!
É nesse momento que a gente percebe o quão somos pequenos e que a misericórdia de Deus é perfeita. Para quem viu a foto do acidente percebeu que se passássemos direto ao lado da árvore, cairíamos num barranco e talvez as perdas teriam sido maiores.
Fica aqui os meus pêsames pelo amigo que perdi, a oração para aqueles que necessitam de forças e, o agradecimento a Deus e aos companheiros que prestaram todo o apoio, incluindo o Comandante Geral Cel. Lima Junior, dentre outros camaradas.
Um abraço e que Deus livre os meus companheiros, assim como me livrou de danos maiores nesta madrugada!
Força e Fé!

SD 2006 Kleverson
Que nosso Deus te abençoe... você e os demais companheiros que agora lutam pela sobrevivência. Um forte abraço, Deus está no controle!


Por José Netto
Graduado em Marketing, Poeta e Microempresário.


PUBLICIDADE
Tecnologia do Blogger.
PUBLICIDADE

- Copyright © Salve Alagoas™ - Powered by Blogger - Desenhado por Johanes Djogan e modificado por Gledson Nast -